Sala do Marido Gourmet é premiada pelo voto popular

IMG_5363-033Espaço assinado pela arquiteta Juliana Pippi agradou grande parte do público que visitou a Casa Cor SC

A arquiteta Juliana Pippi fecha participação na Casa Cor SC 2013 com dois importantes títulos de reconhecimento. O primeiro deles anunciado em junho projetou o espaço “Sala do Marido Gourmet” como o Melhor Projeto, com base na votação do júri técnico. Agora o prêmio vem das mãos do público – que chegou a mais de 20 mil durante a mostra – que elegeu o ambiente o melhor desta edição. Para Juliana uma alegria e, principalmente, retorno importante sobre o seu trabalho. “A identificação do púbico é muito importante, pois essa é a satisfação final, quando o morador capta a proposta de uso e de viver. Trabalhamos neste ambiente com a vida real, encontros, espaços preparados para receber pessoas.  A resposta é um sinal que conseguimos concretizar a ideia e dar vida ao projeto”, comenta Juliana.

A “Sala do Marido Gourmet” trouxe uma composição de personalidade, evidenciando um comportamento tão em alta nos dias de hoje: o homem que assume a cozinha e curte promover encontros gastronômicos. O modelo veio de casa, Juliana é casada com o chef Renato de Lima – o marido gourmet – e costuma receber amigos com certa freqüência. Por isso, o tema é tão familiar e a configuração espacial descomplicada, elaborada com uma seleção de peças de design, obras de arte e funcionalidade exposta em modo de viver. A soma deu certo, encantou visitantes, rendeu prêmios e reconhecimento. A Casa Cor SC deste ano, encerrada no último domingo, fica marcada na trajetória do escritório Juliana Pippi. “A Sala do Marido Gourmet vai ficar na memória. Foi definitivamente um espaço de muitos encontros”, destaca Juliana.

Base geométrica

Na Sala de Estar o enquadramento é marcada pelo tapete com estampa geométrica da Casa a Caso. Um elemento que deu todo o diferencial para o espaço. “Quando chegamos ao living já percebemos a marcação pela geometria do tapete  da Avanti nos tons camurça e violeta”, comenta a arquiteta Juliana Pippi. Imagem

Luz – a alma do projeto

Luz é tudo num projeto. Ela evidencia os detalhes, as ideias propostas para a rotina. Direta, indireta, pontual ou natural, luz é um elemento de grande peso e versatilidade capaz de transformar qualquer cena. E na Sala do Marido Gourmet ela é usada com total equilíbrio priorizando os recortes do projeto e escolhas de objetos que merecem atenção.”Todos os lustres são lançamento de 2013 , escolhidos por mim e especialmente trazidos para o ambiente. Na Sala do Marido Gourmet utilizo a luminária coluna de chão da marca Mantra, na cor preta com luz indireta e com a cúpula inclinável para todos os lados, o que garante praticidade. Os pendentes com pintura ouro fosco da Tyg, com lâmpadas incandescentes e difusor em acrílico fosco”, explica Juliana Pippi. Crédito da foto: Rô Reitz. IMG_5310-010

 

Um piso neutro para o projeto

O piso escolhido pela arquiteta Juliana Pippi para dar base ao projeto é o  porcelanato Ecolletion no padrão Teca Suave,  da Portobello Shop Florianópolis. E não à toa, uma base neutra possibilita a utilização de cores com mais harmonia. “O piso da Portobello na linha Ecolletion cor Teca Suave é lindo e remete muito à madeira natural mantendo a praticidade do porcelanato”, endossa Juliana Pippi. Crédito da foto: Rô Reitz. IMG_5330-017

As fotografias de Luciana Petrelli

Fotógrafa, produtora cultural e empresária. Luciana Petrelli é atuante em diversas frentes e deve ser por isso que seu olhar é apurado para os enquadramentos que revelam modos de viver da cultura brasileira. Os movimentos culturais aparecem com bastante frequência no seu trabalho e ilustram algumas matérias de revistas especializadas. Já expôs em Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis. Hoje, Luciana divide seu tempo entre o Instituto Ric com foco especial no desenvolvimento de ações e projetos de inclusão social voltados para a saúde e educação. Luciana Petrelli é mais uma artista que empresta seu interessante olhar para o espaço “Sala do Marido Gourmet”. Crédito Rô Reitz.

IMG_5381-042